Sustentabilidade

Projetos que visam o progresso sustentável da mineração

grupo ab areias sustentabilidade

Conheça os projetos

O Grupo AB areias acredita que não há progresso sem o cuidado com meio ambiente. Por isso, todo o crescimento do grupo remete às práticas legais e ambientais em todo o seu processo, bem como em projetos para preservação dos recursos naturais e investimento na educação de crianças e jovens para práticas sustentáveis.


Grupo AB areias adquire área de floresta de Mata Atlântica

Com objetivo de reforçar seu compromisso com o meio ambiente e a comunidade local, o Grupo AB areias adquiriu uma área de floresta nativa de Mata Atlântica, contígua ao Parque Estadual da Serra do Mar, localizada no município de Cunha, interior do estado de São Paulo, como contrapartida a futuros projetos logísticos e de mineração, que estão em fase de licenciamento em municípios do Vale do Paraíba.

Adquirida em 2020, a área de floresta nativa tem extensão total de 125,21 hectares e refere-se à compensação relativa à reserva legal dos imóveis que abrigarão a ampliação do terminal multimodal de cargas na cidade de Pindamonhangaba e a futura mina na divisa dos municípios de Lorena e Canas.

A área adquirida reforça a tradição das empresas do Grupo AB areias na implantação de reflorestamento com espécies nativas, dentro do programa de recuperação dos empreendimentos que licenciou ao longo de seus 30 anos.

“Hoje temos um programa de reflorestamento dentro dos imóveis das minerações do Grupo AB que já ultrapassou 150 hectares de áreas reflorestadas. O que antes era área de pastagem, nas várzeas do Rio Paraíba do Sul, hoje é um espaço em fase adiantada de recuperação florestal, incrementando a flora da Mata Atlântica e a oferta de alimento à fauna local.” – diz Sandra Maia, Diretora de Meio Ambiente.

A ação de reflorestamento com espécies nativas também gera benefícios ao ecossistema local e regional, pois permite a conexão entre os plantios implantados e as pequenas manchas de mata nativa remanescentes nas Áreas de Preservação Permanente (APPs) presentes nos imóveis – mata ciliar, funcionando como um corredor ecológico na região dos empreendimentos.

As árvores plantadas recebem tratos culturais, como coroamento, roçada das entre linhas de plantio, combate às formigas, adubação, replantio, entre outros. Nas áreas abrangidas pelo projeto de reflorestamento do Grupo AB areias, as árvores já se estabeleceram e estão florescendo, frutificando e gerando sementes, o que é um fator de promoção da restauração florestal, atraindo assim insetos e animais que fazem a polinização e a dispersão de sementes, contribuindo para toda a cadeia ambiental.

“A área de floresta nativa adquirida, de 125,21 hectares, reforça nosso compromisso de respeito ao meio ambiente e à comunidade Vale Paraibana. O Grupo AB areias preza por princípios ambientalmente sustentáveis e socialmente responsáveis, e tem buscado aplicar o valor da sustentabilidade na gestão dos negócios e nas práticas do dia a dia dos seus empreendimentos.” – conclui Sandra Maia, Diretora de Meio Ambiente.

É dessa forma que o Grupo AB areias cresce de forma sustentável, fazendo sua parte na preservação do meio ambiente na região em que atua.

ab areias floresta mata atlantica
Foto: Peterson Almeida
areas floresta grupo ab areias
Áreas de floresta adquiridas pelo Grupo AB areias

Projeto Reflorestamento com Espécies Nativas

O Grupo AB areias vem contribuindo ao longo dos últimos anos com a formação florestal na região do Vale do Paraíba, através de reflorestamentos com espécies nativas nos seus projetos de mineração.

Com mais de 300 mil mudas de árvores plantadas, com especial destaque para a recuperação da mata ciliar em vários trechos da Área de Preservação Permanente (APP) do Rio Paraíba do Sul, nos municípios de Pindamonhangaba, Roseira e Cruzeiro, que somam perto de 20 hectares de reflorestamento ciliar, o Grupo AB areias se destaca como um dos principais reflorestadores de mata nativa na região da várzea do Rio Paraíba.

Veja alguns serviços ambientais ofertados pelas Florestas:

  • Contribuem para a manutenção da biodiversidade;
  • Ajudam no controle das mudanças climáticas;
  • Forte aliada na captação do carbono (efeito estufa);
  • Contribuem na recuperação ambiental das bacias hidrográficas.
reflorestamento ab areias pindamonhangaba
Reflorestamento na APP do Paraíba do Sul implantado pelo Grupo AB, no município de Pindamonhangaba

Projeto Cidadão do Futuro – De olho no planeta, com alma participativa

Desde 2010 o Grupo AB areias desenvolve um Programa de Educação Ambiental, chamado de “Cidadão do Futuro”, que abre as portas das minerações para as visitas orientadas para alunos de escolas públicas e privadas do entorno das unidades da empresa. Com visitas a campo, palestras temáticas, trilhas, plantios monitorados e oficinas é possível apresentar a atividade mineral e seus compromissos ambientais, despertando a consciência infanto-juvenil.

Os plantios monitorados são destaque dentro do programa Cidadão do Futuro”, o solo é preparado, as mudas nativas são selecionadas e os alunos são os protagonistas no ato de plantar as mudas no dia da visita; o sucesso desses plantios é a garantia do incremento da flora local e isto é algo que motiva bastante os participantes do programa e é o objetivo do Grupo AB.

Ao longo desses anos do programa, o Grupo AB já recebeu mais de 1.000 estudantes, desde a pré-escola até universidades.

Durante a visita o grupo conhece os projetos de usos futuros implantados em áreas já exauridas das minerações, como a criação de peixes em tanques redes e o aterro de resíduos inertes da construção. Assim é possível aproximar os alunos do conceito da mineração como atividade meio e não como atividade fim.

As visitas permitem a compreensão do conceito de sustentabilidade numa organização empresarial, que envolve a adoção de critérios de três dimensões para avaliação dos resultados de um negócio: a econômica, do lucro ou da prosperidade; a social, ou das pessoas; e a ambiental, ou do planeta.

susocial
tentambiental
bilidadeconômico

projetos sociais
Plantio monitorado de mudas de árvores nativas durante visita de escolares no Grupo AB areias
projeto cidadão do futuro
Plantio monitorado de mudas de árvores nativas durante visita de escolares no Grupo AB areias

Criação de peixes em tanques rede – projeto de uso futuro com geração de emprego e renda

Nos lagos oriundos das antigas lavras o Grupo AB desenvolve a produção de peixes em tanques redes. Esse é um bom exemplo de que é possível executar o trabalho da mineração como atividade meio e, de forma responsável, empreender outras atividades de geração de emprego e renda, após o encerramento da atividade mineral.

A produção média são 300 toneladas/ ano, que atende pesqueiros da Região do Vale do Paraíba, chegando até a alguns municípios da Região Metropolitana de São Paulo e Sul fluminense.

antiga cava de extração de areia onde são cultivados peixes em tanques redes
Antiga cava de extração de areia onde são cultivados peixes em tanques redes